Número total de visualizações de página

22 de outubro de 2011

A experimentação à volta do corte dos subsídios de férias e Natal

Pois é. O que antevi como hipótese começa a estar nos jornais: Os subsídios de férias e Natal podem acabar e ser integrados nos salários. Titula o Expresso desta semana. Pergunto: o que se ganharia com isso? Evitar picos de consumo no Verão e no Natal? E, assim , diminuir o consumo e as importacões? Mas em que é que isso reduziria a despesa pública de forma estrutural? Temo que seja mais do que isso e que esteja em causa uma tentativa radical de alterar profundamente a estrutura das remunerações dos funcionários públicos e pensionistas. Para, posteriormente, alargar a todos os trabalhadores. Parece-me que há alguém que persiste na experimentação, como se estivessemos num laboratório. Há que ter cuidado com as reacções quimicas.

Sem comentários: