Número total de visualizações de página

19 de janeiro de 2013

Sejamos Rigorosos

PERMITAM-ME QUE AQUI DEIXE UM APELO EM NOME DO RIGOR:
Seria bom que todos os agentes, quer sejam políticos, comentadores, jornalistas, cidadãos em geral, que queiram intervir sobre o programa desenhado no Relatório do FMI, que não se lhe refiram como programa de REFORMA DO ESTADO. Sejamos rigorosos e chamemos-lhe o seu nome certo: PROGRAMA DE REDUÇÃO DA DESPESA SOCIAL DO ESTADO. É que reforma do Estado é outra coisa. E essa ninguém está a discutir.

1 comentário:

Jorge Ramiro disse...

No outro dia eu fui a uma conferência no Peru, na economia e muitas pessoas debateram sobre o papel do FMI. A maioria de nós voamos com American Airlines, então discutimos no viagem, também.