Número total de visualizações de página

29 de agosto de 2009

PS na feira de Grândola

Sábado dia 29 de Agosto estarei na Feira de Grândola em acção de campanha dos candidatos do PS à Assembleia da República.
O que está em causa nas próximas eleições é sério demais e implica que todos nos mobilizemos num grande esforço de esclarecimento sobre as alternativas que estão em jogo.
Vamos todos amanhã a Grândola. O que está a acontecerno Concelhode Grândola e no Litoral Alentejano é um bomexemplo da diferença entre uma governação socialista e outras experiências governativas, quer nacionais quer autárquicas. Costumo dizer, e penso sinceramente ter razão, que sempre que o PS passa pelo Governo o Litoral alentejano ganha. E os investimentos turísticos e industriais, nas acessibilidades rodoviárias e ferroviárias, no porto de Sines, na saúde, na educação, na acção social, etc.são bem o exemplo disso mesmo.
Por isso, e especialmente depois de se conhecer o programa de governo do PSD, não é dificil perceber que não podemos ter qualquer hesitação. O programa do PSD, no que se refere ao litoral alentejano significaria a suspensão do desenvolvimento. Suspender a ferrovia e, consequentemente a suspensão da competitividade do porto de Sines; a suspendão do IP8 e do IC33 e, consequentemente, a suspensão de instrumentos fundamentais para a tractividade do Litoral Alentejano enquanto Região estratégica para o desnvolvimento do País.
O futuro do Litoral alentejano passa pela consolidação dos projectos em curso.E, naturalmente, pela renovação da governação do Partido Socialista. Um novo Governo do Partido Socialista faz falta ao Litoral Alentejano. Bem como o reforço da governação socialista nas Câmaras do Litoral. É para conseguir estes objectivos que estamos a trabalhar em todas as dimensões. Encaramos com grande seriedade, sentido de responsabilidade e determinação as batalhas politicas que temos pela frente.
A visita à feira de Grândola é mais um ponto nesse caminho

Sem comentários: